terça-feira, 23 de março de 2010

Confie!






Seus braços sempre tiveram abertos, acolhiam todos e mais alguns. E os seus conselhos seguiam e confiavam, não tinha quem não pensasse no quanto era bom. Sempre sonhou em ser livre, se pudesse um dia voaria para sentir o gostinho da adrenalina. O caminho novo amedrontava, lhe tirava o sono e sua confiança, mas chegava a se questionar “Como saberei se não for?" Pois a cada queda, a cada golpe ou qualquer deslize, aprenderia que pode levantar equilibrar-se e seguir mesmo com receio. De tantos conselhos que destes, ouviu muitos para seguir em frente; Mais vale errar e sofrer do que sofrer sem nem ao menos ter tentado uma única vez.

4 comentários:

BLoG do CHARQuE disse...

Quase chorei... mentira!!! mas e bem bacana o texto!!!

Rui disse...

tem que se percorrer o caminho, que é feito de muitas quedas, mas nao tem pra onde correr
é caminhar ou caminhar
a vida é sempre assim
belo texto :)

Dini disse...

Muito lindo o texto, é exatamente assim que temos que seguir daqui pra frente :)

AMÉRICO, Tassyane disse...

Se eu pudesse, também voaria.