terça-feira, 30 de março de 2010

Do paraíso à escuridão

 
Não é porque se tem mais de uma escolha, que se têm mais chances. Uma terá que escolher, e a outra perder. Mesmo que não seja para mim, mesmo que não faça parte de mim. Do paraíso à escuridão. Escuridão que pode ganhar luz e certeza; Paraíso que perde as cores e a exatidão. Basta querer confiar no extinto, basta querer ousar em arriscar. Tenho dúvida se arrisco, por isso fico da janela observando; Mas irei sair, eu acho que sim. Pois que graça terá ficar só olhando e não sentir a adrenalina correndo pelo corpo?


4 comentários:

Adrielle Kawahara disse...

Olá que mensagem linda..
seu blog em si é muito elegante.
estou lhe seguindoooOOO

me siga
http://maisquecharmeoficial.blogspot.com

Ana Agarriberri disse...

Olá. Parabéns pelo blog. Te seguindo. Passa lá no Molhe-se:

http://molhe-se.blogspot.com/

Beeejo.

Finotti, Mariana disse...

e tem coisa melhor do que adrenalina??????? ficar só observando não tá com nada. rs

bjks.

ilove-girl. disse...

Temos que arriscar sempre, podemos dizer que tentamos.. melhor do que se dizer: não tentei.
:* lindo seu blog