segunda-feira, 8 de novembro de 2010

Pequenina..

Não quero lidar com meios caminhos;
Quero trajetos, destinos;
Rumos distintos.
Caminhar e seguir sem pensar.
E ter no que me confortar.
E sinto-me perdida quando sou atraída,
Tal força desconhecida,
Que segura os medos,
Pressiona a vontade.
Confunde os conceitos,
Atribui à verdade.

Nota-se a aproximação que é tomada,
O quanto me entrego a cada olhar.
Perco-me em seguida; não demore a me achar.
Teu suspiro já é o bastante; Eu irei, vou voltar.
Mergulhei em uma paixoneta,
Pequenina.. literalmente intensa.


6 comentários:

Losterh disse...

Pô, paixão com rumos distintos é foda.

blog do falando serio disse...

pow.. MUITOo BOM MESMO!.....

[b]Blog do falando serio!!![/b]
agradeçO desde já>..
http://preto182.blogspot.com/

Roberto Borati disse...

mergulhe bem fundo, mais, se faz caminho, paixão pequenina.


e como gostei desse poema...

Beatriz Verissimo disse...

adorei *-*

Marie disse...

"Perco-me em seguida; não demore a me achar." Foi a verso que mais gostei!
De fato, uma bela poesia. Parabéns.
Aproveito o comentário para te fazer um convite...
Quer publicar sua fic/web novela no Literatura&Gostosuras? Envie um e-mail para literaturaegostosuras@gmail.com com seu MSN para contato e a sinopse de sua história. A intenção é ajudar escritores desconhecidos a divulgar seu trabalho. O autor escolhido levará o devido crédito e terá sua novelinha publicada semanalmente no blog. OBS: Procuro por histórias de no máximo 12 capítulos e personagens inéditos, ou seja, nada de usar personagens de autores já consagrados.

Beijinhos!

Netinho disse...

' caminhar e seguir sem pensar '.

É exatamente isso que nos faz seguir em frente na vida, a tomar decisões e superar desafios. Parabéns pelo blog, voltarei mais vezes.

' voltei a escrever

http://neto09.blogspot.com/

me dê uma força. Obrigado