quarta-feira, 29 de dezembro de 2010

Tempo, passa.

O que mais dói agora é perceber que o desejo era apenas ilusão.
Que a importância que tudo isso tinha, não significava nada perto de você.
Passatempo.
Não há o que se queixar, foram memoráveis sensações.
Mas explique isso a mim, com uma lágrima deslizando pela face.
Não, não explique. Já sei.

O timbre da voz não é o mesmo.
Muito menos as feições que carrego no rosto.
Está tudo vazio em minha mente agora.
Mas só por hoje, não mais que isso.
Tempo, passa.

3 comentários:

Juliane Bastos disse...

O tempo as vezes nos puni, mas as vezes é o melhor remédio. :D

adorei o blog.

Planeta Humor disse...

bem legal ]bastante criativo


http://planetahuumor.blogspot.com/

Isabelle disse...

Muitas vezes somos punidos pelo tempo, mas isso é importante para que possamos continuar nossa caminhada pela vida e aprender a passar por algumas situações.