sexta-feira, 1 de abril de 2011

Alguém

Alguém em um caminho distante,
movimento constante.
Alguém assim, dos trejeitos despercebidos.
Berrou não ao fácil, querendo a miragem.
Ao desvendar dos mistérios que pairam na maioria das vezes em uma só mente.
Alguém no meio de muitos.
Há loucura, sangue, desejos e sonhos; Mesmo ao desmoronar, com gotas do céu.
Amargo fim que leva a cada canto da rua, as gotas já sujas de ilusões.
Que sofra, socorra e perdoe-me.
Que insista e intensifique o querer em questão.
Trágico é o que a gota faz, desfaz e leva tudo.
Sem regras e possíveis direções.
Alguém dos olhos cansados, porém inquietos. Conseguem ver o que nem mesmo aconteceu.
E de cena em cena eles filmam os lances, até que  a noite paira e tende-se a dormir.
Caindo no mais profundo dos sonos.
Alguém disposto ao brilhar no amanhã, pois a luz está em si. Basta sorrir.
Alguém assim não cansa,
surpreende a própria vida.
Ah... ser alguém.

8 comentários:

Roberto Borati disse...

uma das coisas mais belíssimas de sua autoria.

ah, mayra r.

belíssimo, belíssima!

Fabrízia Alves disse...

Adorei o texto...muito bom mesmo.
Tô te seguindo, me segue de volta?!
Seu blog ta muito lindo viu?!
Beijos flor..

Tais_Fagundes disse...

Oi, muito bom seu blog, você escreve muito bem. Estou te seguindo, gostaria que você desse uma olhada em meu blog, e se achasse conveniente seguisse ele também. http://scissorsandblood.blogspot.com/

Andréia Regina disse...

pessoa de valor, de grandes sentimentos. que cai, e continua sonhando; que não apenas sonha, mas VIVE; buscando a essência do que realmente é o viver.

isso me iluminou, adorei ler isto agora, obrigada Mayra. *-*

J.R. disse...

Nossa muito lindo eprofundo o seu texto!!!

abnovais disse...

Muito bom o texto... estou seguindo pra ler mais aos pouquinhos =)
Se quiser retribuir, visita o
www.selfnaked.blogspot.com
Ana Beatriz Novais

geaneaguiar disse...

Muito expressivo. Gostei! ^^

Abraços.

Jéssica Eidelwein disse...

eu vou chorar, hehe; lindo post!