quinta-feira, 25 de fevereiro de 2010



 O pensamento está longe, os olhos brilham mas não piscam, mas eles estão perdidos, incertos. Ela não sabe o que fazer, se deixa como a sorte ou faz acontecer. Ela tem medo e se acomoda, diz que está bem para não dizer o que realmente sente. Ela não sabe o que sente, essa é a verdade. Ela gosta do carinho, mas, procura achar o amor.

2 comentários:

Sergio Forte disse...

Muito bonito, belas "palavras em sincronia". Beijos

http://www.encurto.blogspot.com/

*May Lopes disse...

Lindo!Foto super!